* Hello, my friends! welcome to letra e fel! If you like this space, please share it with your friends.
* Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Letra e Fel! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.
*!Hola! , amigo lector. Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos!
*Cher lecteur, soyez le bienvenu! Veuillez conseiller notre blog à vos amis si vous l'avez aimé. Merci beaucoup!

03/02/2008

art poétique


Nem lascaux ou Altamira
valem a palavra fóssil,
indomável,
Poesia-bisão,
tesão, selvageria.
Expressão que se delineia
nos traçados da carne,
sobre um corpus de sintomas
multicoloridos, e que  chega
atualizado.
O carbono testa a verac-idade
do homo-diversus
habitante da cidade sem oxige-nação.
Congelado, fora do tempo, errante,
parte em busca do verbo matriz
seu ancestral unicelular
delirante.
bairenatabomfim

5 comentários:

Jacinta disse...

E o sono n�o chega
venho aqui te visitar
e vejo que a casa est� renovada
Linda, forte e cheia de vida

E meus fios de cabelo?
desisti de perd�-los
Estou tentando fazer a minha parte
no que sou eu, nesse pedacinho de
terra.

Beijos
Jacinta

Jacinta disse...

Ei Renata,
eu, de novo.
E então lembrei-me de Fernando Pessoa. "sinta quem lê" e já me vi "nos fios de minha cabeça".
Isso foi muito bom. Explica bem que o texto, depois de publicado, pertence ao leitor. Acho que é isso.
Beijo, de novo, e boa noite.

renata disse...

Eehehehe, é isso aí Jacinte, um bom aprendizado!!!
abraços
re

Rui Caetano disse...

Uma marca dos nossos ancestrais, bem ancestrais.

Meiqing Xu disse...

nike shoes for men
ugg outlet
rolex watches
cheap uggs
cheap jordans
ralph lauren outlet
coach outlet store online clearances
fred perry polo
fitflops
michael kors handbags
20170109caiyan