* Hello, my friends! welcome to letra e fel! If you like this space, please share it with your friends.
* Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Letra e Fel! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.
*!Hola! , amigo lector. Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos!
*Cher lecteur, soyez le bienvenu! Veuillez conseiller notre blog à vos amis si vous l'avez aimé. Merci beaucoup!

24/12/2008

"É extremamente breve a vida dos que esquecem o passado, negligenciam o presente e receiam o futuro" (Sêneca)


Minha amiga Simone sempre diz: "Renata, leia os clássiscos". Foi a partir dessa recomendação que passei a olhar com mais atenção para Platão, Sêneca, Aristóteles, entre outros pensadores que, na contemporaneidade, ainda se mostram eficazes em fornecer peças- chaves para as questões do nosso dia a dia. Sêneca escreveu um breve tratado Sobre a Brevidade da Vida , buscando convencer Paulino, pessoa encarregada de abastecer Roma com trigo, a abandonar seu posto e dedicar-se ao estudo da filosofia. Os argumentos de Sêneca são incontestáveis, mas, se Paulino os escutou e seguiu, isso eu não sei.
Sêneca diz que se deve aprender a viver por toda uma vida, e que por mais que nos espantemos, é também por toda uma vida que devemos aprender a morrer. É no intervalo que a vida acontece, e as pessoas esperam por momentos especiais para isso e aquilo e seguem sempre esperando... É a Esperança presa na caixa, enquanto Pandora assiste os males do mundo alçando vôo e circulando livremente.

Ser livre
Refazer o caminho
dar passos ao contrário
desmontar os cenários
deixar o mato crescer.

Andar de cara limpa
acreditar que o outro e eu
somos a unidade
semente da diversidade.

Acerditar que o tempo é mera ilusão
e que somos nós que
passamos ou ficamos parados
Esperando o tempo propício
de viver

6 comentários:

Dina disse...

Clássicos são realmente uma base pra toda vida!

Bela observação!

Beijos!

Naty disse...

Falando em classicos, me lembro do Ateneu. É uma leitura difícil, mas assim que a história te captura, fica impossivel de parar de ler. Aê fica a dica.
Adorei seu blog!
^^

Naty disse...

(L) Adorei o cachorrinho pretinho! Eu tinha um fêmea igualzinha chamada Shakira. Morreu a coitadinha. Eu interesso em adota-lo.

Eurico disse...

Vim, li e aprendi...
Abraçamigo e fraterno, Renata.

renata disse...

Olá amigos, que prazer receber a visita de vocês!!! Um feliz 2009, cheio de amor e paz
abraço fraterno
renata

Letícia M. disse...

Renata,

obrigada pelos queridos votos de ano novo lá no blog!
Recebe meu forte abraço e meus desejos de um 2009 feito de belos momentos, de paz, amor e solidariedade.
Aproveito para sugerir a leitura de outro volume que reuniu escritos do Sêneca, “As relações humanas: a amizade, os livros, a filosofia, o sábio e a atitude perante a morte” (Ed. Landy, 2002). São cartas, escritas já na sua velhice, dirigidas ao discípulo Lucílio, e repletas de sábias, intensas e importantes reflexões.

“Sê o proprietário de todas as tuas horas. Serás menos escravo do presente. Enquanto a remetemos para mais tarde, a vida passa. Nada, Lucílio, nos pertence. Só o tempo é nosso” (Sêneca).

Beijos,
Letícia M.
www.efemerasletras.blogspot.com