* Hello, my friends! welcome to letra e fel! If you like this space, please share it with your friends.
* Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Letra e Fel! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.
*!Hola! , amigo lector. Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos!
*Cher lecteur, soyez le bienvenu! Veuillez conseiller notre blog à vos amis si vous l'avez aimé. Merci beaucoup!

12/03/2009

fome

XXXXXXXXX"Poeta, porque poetisa todo mundo pisa" (leila Mícolis)

Eu preciso dessa letra e deste verbo
me desculpem se incomodo
Preciso também da (re)flexão que nutre
e dos pontos e vígulas que afogam a sede
Sonho com o soneto elegante
e com o Haikai decidido
A carência do conto de amor e de dor
e do ramance que ainda não foi escrito
me fazem ser assim
fazem a minha alma ansear pelo mundo
e me resigna a cumprir a pena de ser poetisa
mesmo quando a folha é pequena
e falta espaço para a expressão latente.

6 comentários:

NEGROPOETA disse...

E você que tão bem conhece a arte da poesia a faz com maestria. Parabéns. Carinhosamente Dinigro Rocha.

renata disse...

Olá poeta da força e da raça, tudo bem?
é sempre uma alegria receber sua visita!!! Obrigada pelo carinho!!!

Opuntia disse...

Metalinguagem à flor do poema! Muito bom.

Bjos

EDER RIBEIRO disse...

Isso sim que é dar significado as palavras. Aplausos. Bjos.

Branca disse...

Muito interessante seu blog...gostei!


Bom domingo pra vc!

Lobodomar disse...

Maestria mesmo.

Gosto de vir aqui e ler esses seus poemas modernamente líricos, que guardam, também, críticas sutis. Venho aprendiz e saio sonhador.

Grande abraço, Poeta!