* Hello, my friends! welcome to letra e fel! If you like this space, please share it with your friends.
* Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Letra e Fel! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.
*!Hola! , amigo lector. Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos!
*Cher lecteur, soyez le bienvenu! Veuillez conseiller notre blog à vos amis si vous l'avez aimé. Merci beaucoup!

29/08/2009

Ser poeta

Ser poeta é cantar alto
mesmo com a voz embargada
enquanto o dia refracta toda a luz
É esperar com as mãos estendidas
para doar a vida
É cantar de um quarto escuro
de onde, mais claramente,
se pode sentir as cores e os cheiros
É buscar o outro
e encontrar a si mesmo
Passado, presente e
futuro fragmentado
quando coisas esquecidas
afloram derrepente
Narciso sabia de tudo
e fez um mergulho preciso
nas águas turvas do rio do potencial
Estige
Foi em busca do seu sol
e do sentido que o fará um dia
emergir deus
A solidão é um abismo
e guarda uma paz preciosa!
Sou poeta e canto
Arrisco a Vida
Se a voz embargada irrita
Canto, canto e canto mais ainda
e não ligo

bairenatabomfim

2 comentários:

Jacinta Dantas disse...

Menina, que poema!
o final coroa o que preciso e quero dizer para mim: "Arrisco a Vida e se a voz embargada irrita
canto, canto e canto mais ainda
e não ligo"
obrigada por essas palavras.
Um abraço

renata disse...

Olá Jacinta, amiga das flores e das artes!!!Que alegria receber sua visita! Obrigada pelo carinho
Bjs