* Hello, my friends! welcome to letra e fel! If you like this space, please share it with your friends.
* Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Letra e Fel! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.
*!Hola! , amigo lector. Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos!
*Cher lecteur, soyez le bienvenu! Veuillez conseiller notre blog à vos amis si vous l'avez aimé. Merci beaucoup!

08/06/2010

Jesus Cósmico

Eu sou Dele e Ele é meu!
Nos conhecemos há muitas eras
quando eu era uma plantinha inquieta
fazendo sombra e alimentando bois.
Nessa época, cada estrela eu conhecia
eu girava, girava...
a cada volta que sol fazia.
Lembro que cada célula vegetal do meu corpo
vibrava com a sua presença angelical.
*
Depois, por entre mistérios e forças,
me encontrei dura e brilhante, pedra,
me chamavam diamante.
Eu precisava aprender tantas coisas...
mas algo em mim resistia,
estranhamente, essa bruteza
encantava e seduzia.
*
Muitas sombras, fluxo, vertigem,
sentia meu corpo flutuando, bailarina,
conheci o mar, entre criaturas irmãs
que cantavam na maré: Água-Viva!
Em sintonia com os ciclos lunares,
seguimos juntos a poderosa voz do oceano,
e conhecemos muitos lugares.
*
Um menino fui também, pobre e alegre.
Nasci na seca, filho do agreste,
não sei bem do verde,
nem ouvi barulho de fonte.
Mas a barriga vazia conheci
aprendi que lutar é preciso,
quando escolhemos viver.
Acho que foi nesse lugar
que comecei a entender o perdão
Então,  perdoei a mim mesmo
por ser fraco, coberto de poeira e solidão,
Sob o sol, me acariciavas os cabelos
Em códigos celestiais sussurrava:
jamias te abandonarei!
Estavas sempre comigo
mesmo que o chão tremesse,
Ardesse o sol ou chovesse,
estavas alí, comigo...
*
Fui tantos e tantas que desconheço...
Trago gostos adquiridos,
alguns procuro esquecer.
Me lembro de coisas que preciso rever
Viva! posso fazer novas escolhas.
*
Anseio decodificar esta existência.
Qual o sentido da busca?
Veja que, a muitos séculos,
fui uma linda moça e passava
horas à esperar, por alguém à janela,
alguém que nunca chegava.
Outra vez, achei um tesouro,
com ele aprendi que a felicidade,
não se compra nem se vende
vale mais que prata e que o ouro.
*
Hoje sou os vestígios dessas vidas
e dessas mortes, vidas e mortes, e vidas...
e vivo e morro a cada dia.
Que privilégio, Ser amado!
Que honra ser este mosaico
ainda em construção,
obra do teu capricho e cuidado.
*
Me reúnes em partes conflitantes,
Me fazes sombra e luz,
assim reflito tudo o que existe
Não sou alegre e nem triste,
apenas sou!
Mistério dos mistérios!
*
Te amo pura e santamente,
Jesus Cósmico!
-Que meu corpo e mente sejam, ainda,
mil vezes plasmados,
que eu seja um rio caudaloso
cujos afluentes invadam outros mosaicos,
regando outras plantinhas e
saciando boi que tem sede.
*
Sinto você aqui, agora, ao meu lado.
De dimensão em dimensão,
seguimos, unidos por este laço sagrado
Me guias!
Te sigo, viajamos pelo infinito,
vou cantando!

4 comentários:

sunny lora disse...

Pronto! Sou sua seguidora! Qu eoração mais linda! Seu blog merece se rvisitado, Renata. É lindo, super bem organizado! Adoro! Bjs da amiga Sonia

Renata Bomfim disse...

Olá Soninha, que elogio maravilhoso, especialmente vindo de uma escritora sensivel como você, obrigada!
Saudades de você
espero revê-la em breve
beijos
renata

ranma cobain disse...

essa poesia de "jesus cósmico" é alguma música ou apenas poesia?
se for apenas poesia já nós faz refletir sobre isso mas se for música com melodia e tudo mais, desejaria obte-la!

Renata Bomfim disse...

OLá Rama, não é musica, espero que algum dia alguém o musique, acredito que ficará bonito com uma melodia!
Obrigada por sua visita ao letra e fel
abraços fraternos
Renata Bomfim