* Hello, my friends! welcome to letra e fel! If you like this space, please share it with your friends.
* Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Letra e Fel! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.
*!Hola! , amigo lector. Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos!
*Cher lecteur, soyez le bienvenu! Veuillez conseiller notre blog à vos amis si vous l'avez aimé. Merci beaucoup!

13/01/2011

Dionísio

À memória de Rubén Darío

Na selva sagrada
os instintos afloram.
Cada planta, cada bicho, o ar,
tudo é vivo, tudo fala.
Do verde brotam
movimentos sinuosos,
sussurros, risos...
É a ninfa que do deus imponente
bebe o vinho.
Ela se torna a própria taça
transbordante de desejos.
Dionísio, em desalinho, a enreda
arrastando-a, furtivo, por entre a relva,
para que desabroche, caprichosa e perfumada.
Ela cede aos seus apelos e se deixa possuir.
Seu corpo agora é fluidez entre mãos ásperas.
É gazela. Impiedosa,
a sua lança a transpassa.
Fustigada, ela quer mais...
Agora os dentes do deus a carne se adentram
marcam-na signos criados
por seus chifres reluzentes.
A ninfa ascende entre agonias,
a selva orquestra gemidos de prazer.
Em êxtase, comungam contentes.
Ela reverencia o deus pagão
senhor dos seres desse reino.
Depois, descansa recordando o idílio,
até que a noite a cubra
com seu manto de prata.

renatabomfim

3 comentários:

André L. Evangelista disse...

Após o seu comentário vim xeretar aqui mais uma vez... Adorei, adorei, adorei.....

Vc é uma poeta amiga, uma poeta, ou melhor, uma poetisa, rs.

Lhe farei uma visita sim, e vc já está convidada para visitar a Torre de Babel tb, rs...

besos

Renata Bomfim disse...

Olá André,
é sempre uma alegria receber a sua visita nesse canto das letras. Estou sempre conferindo seus escritos agridoce e, as vezes, ácidos. Gosto da forma como vc trata de temas simples e complexos.
Abraços
renata

Bruno Laze disse...

Muito legal seu poema. Sou fã de Dionísio, hehe. Seu site é muito legal, parabéns pela iniciativa! Um grande abraço.