* Hello, my friends! welcome to letra e fel! If you like this space, please share it with your friends.
* Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Letra e Fel! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.
*!Hola! , amigo lector. Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos!
*Cher lecteur, soyez le bienvenu! Veuillez conseiller notre blog à vos amis si vous l'avez aimé. Merci beaucoup!

20/03/2011

Sustentabilidade e História (palestra de sensibilização para a questão ambiental)

Olá amigos, compartilho com vocês algumas imagens de uma palestra que ministrei para a filial de uma multinacional  instalada no ES. Apresentando um panorama do processo exploratório no nosso estado, o ES, desde a chegada dos portugueses, ate os dias de hoje. Olhem, por exemplo, a fala de Sócrates, que revela o equivoco, presente até hoje na consciencia das pessoas, de que a natureza é objeto de exploração,  terra inesgotável, e o homem, senhor de todos os seres viventes. Mas sopram ventos de mudança...
A palestra focou o nosso estado, o ES, que era 90% coberta de mata atlântica e os restante do território por restinga, mangues e montanhas. O ES era considerado a capitania mais fértil do império e abastecia as naus que viajavam rumo ao exterior e a outras capitanias. Vejam por exemplo a Nau Breton, que também explorava e comercializava seres humanos.

Essa exploração mostrou que a terra não é inesgotável como acreditava Socrates, hoje muitos animais e exemplares da fauna já estão extintos, outros em processo de extinção.  A banalização da vida,  e a crueldade se tornaram algo comum, a exploração persiste com outros contornos e vernizes.

Observo que no meu estado, louva-se com festas e discursos a colonização (portuguesa, espanhola, italiana, etc) mas não se mostra a sombra espessa, os rastros de destruição deixados, e a divida que nós, filhos destes colonizadores, herdamos, e a divida que temos, também, para com os negros e os índios que habitavam essa terra antes dos exploradores chegarem.

Destaco o trabalho extraordinário de Educação Ambiental realizado pelo Mosteiro Zen Morro da Vargem, do qual tenho a honra de participar e que, que ensina que com atitudes cotidianas simples, com boa vontade, com consciencia,mesmo sem sermos de ongs ou qualquer instituição, podemos fazer a diferença para a criação de um futuro melhor, a partir da melhora do presente.
Espero que gostem da apresentação...
abraços
renata

Nenhum comentário: