* Hello, my friends! welcome to letra e fel! If you like this space, please share it with your friends.
* Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Letra e Fel! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.
*!Hola! , amigo lector. Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos!
*Cher lecteur, soyez le bienvenu! Veuillez conseiller notre blog à vos amis si vous l'avez aimé. Merci beaucoup!

16/05/2012

Eu

Sou uma operação fácil
Não possuo raízes.
Matemática sem complicações.
Tudo muito simples,
Apenas some e multiplique
Use a boa e velha dedução.
A divisão, deixe para os chatos
Cubos e quadrados para os infelizes.
Entre os números há primos, mas
Não há amigos!
Escrita, eu sou outra história
O meu agora se torna imemorial,
os olhos fitam o porvir!
Quem comanda a operação, agora, é o corpo
(Vivo e desperto)
È a boca faminta, as mão ávidas...
Se buscas respostas
Contabiliza as batidas do meu coração
Angustiado, dentro do peito inflamado,
Isso, se fores capaz!
Eu vi a noite que Van Gogh eternizou,
Espantei corvos das plantações de trigo,
Ouvi, da ponte, o Grito e
Tomei chá com a condessa de Alba.
Desde então a história não se repetiu
Multiplicaram-se os paradoxos e as antinomias.
Não some, não multiplique,
Não divida e nem deduza a mim
e nem os seres da minha prosa.
Aproveita a minha lira, danca um pouco!
Nessas linhas desenhadas tudo é temerário
 Tudo pode se desfazer num minuto.
Quando pretenderes me resolver
Tome pressa, pois, logo serei outra,
e outra, e outra, e outra, e...

Nenhum comentário: