* Hello, my friends! welcome to letra e fel! If you like this space, please share it with your friends.
* Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Letra e Fel! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.
*!Hola! , amigo lector. Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos!
*Cher lecteur, soyez le bienvenu! Veuillez conseiller notre blog à vos amis si vous l'avez aimé. Merci beaucoup!

04/09/2012

A doçura da carne

A carne apodrece de tanta doçura,
as palavras, torrões, desenham cadeias de montes,
cujos picos, cobertos de açúcar, convidam.
No sangue as plaquetas enfraquecidas se rendem.
Há fenda na carne, líquido carmim jorra abundante.
Quem sequer imagina penetrar
este ermo que me invade?
Caminho só, essa é a lei. Caminho...
De tanta doçura as mãos derretem,
se fazem arredias frente ao Jardim.
Sufoquei Íris, Lírios, Cravos, Violetas, Margaridas,
de tanto desejo, embriagada pela falta.
Despetalei uma a uma
como quem ama pela primeira vez.
Essa carne à mostra, afável de brandura
está em decomposição e exsuda licores.
É a beleza revelando a sua outra face.

Renata Bomfim

Nenhum comentário: