* Hello, my friends! welcome to letra e fel! If you like this space, please share it with your friends.
* Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Letra e Fel! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.
*!Hola! , amigo lector. Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos!
*Cher lecteur, soyez le bienvenu! Veuillez conseiller notre blog à vos amis si vous l'avez aimé. Merci beaucoup!

23/04/2013

Bífida

 

A minha língua
Aponta direções opostas.
Sangra querendo
Explicar o mundo
Ser o dizer do mudo,
XXXdo bicho,
XXXda planta...
A minha língua quer tudo!
Ânsia?

Ao reencontrar na poesia
O elo perdido
Quer religar com firmeza e alegria
Tudo o que se rompeu
Até mesmo eu sou tramada.
Quanta utopia,
Que loucura santa:
Desembaraçar os fios do passado
Lançando sobre o futuro uma rede
De esperança e
Sobre o presente, luzes.

Eu sou toda língua e olhos.

Queria tanto ter olhos inaugurais
Ser a mulher que canta e dança
Esquecer que Orfeu desceu aos infernos
Que Circe ficou só, sem o seu Ulisses
Que Dante nunca tocará Beatrice
Que vamos todos morrer!

Ah! se não houvesse injustiça...
Eu poderia ser feliz como o animal que
Extrai da vida o melhor.
Vamos escutar, no silêncio, a melodia essencial?
Cada espaço estaria prenhe de possibilidades.

Ah! se eu pudesse exorcizar a saudade
Legitimar a alegria...
Conquistar contentamento nas coisas simples
Mas, não posso quase nada!
Apenas construir castelos com palavras,
fazer torres, bosques, dragões, estradas...
Fantasiar, brincar com os contos de fadas.

Se as palavras são a minha única posse
Farei com elas o que ninguém mais pode:
Milagres.
Prometo, farei de tudo para que a morte
Não nos assombre!

Não busque a felicidade,
Sejamos alegres nesse instante
Antes que as luzes se apaguem
Antes que o dia amanheça e o som
dos nossos sonhos se calem.
Sejamos felizes (por acidente) agora!
Ostras gerando perolas espetaculares
Experimentando as delícias da dor,
Gozando, fóbicos, de medo.
Não seria isso
AMOR?
 
Renata Bomfim

Nenhum comentário: