* Hello, my friends! welcome to letra e fel! If you like this space, please share it with your friends.
* Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Letra e Fel! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.
*!Hola! , amigo lector. Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos!
*Cher lecteur, soyez le bienvenu! Veuillez conseiller notre blog à vos amis si vous l'avez aimé. Merci beaucoup!

14/02/2015

É carnaval... (poema de Renata Bomfim)


É carnaval...

O brilho da festa,
Engana os sentidos,
Abafa os gemidos de dor
Do pavão,
Do faisão,
Do avestruz,
Do papagaio,
Da arara.
Aves singulares, raras, 
Que pulsam a beleza bruta,
E despertam no homem o desejo
de voltar a ser natureza.

Depenadas sem piedade,
Suas plumagens dão forma a adereços,
Símbolos da saudade, da nostalgia
De um tempo perdido que, penso,
Não poderá, jamais, ser revivido:
Quando tinhamos consciência de que,
Também, somos animais.

Os refrões carnavalescos repetem,
Pelas ruas e avenidas,
(Como discos arranhados)
discursos que caem na boca do povo:
Falam de paz, de amor e de fraternidade,
Elogiam a compaixão, a boa vontade, o respeito,
E batem no peito como se soubessem
O sentido real da palavra
SUSTENTABILIDADE.

As palavras, vazias, são vorazmente devoradas,
Mas não alimentam a alma.
Na quarta-feira sai o bloco dos zumbis
Lavando, com vômito, as calçadas.

Foi carnaval...

Nenhum comentário: