* Hello, my friends! welcome to letra e fel! If you like this space, please share it with your friends.
* Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Letra e Fel! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.
*!Hola! , amigo lector. Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos!
*Cher lecteur, soyez le bienvenu! Veuillez conseiller notre blog à vos amis si vous l'avez aimé. Merci beaucoup!

01/01/2018

Anaximandro Amorim (por Sasha Ingrid Muniz)


Anaximandro Amorim, nascido em 14 de dezembro de 1978, é um escritor capixaba natural de Vila Velha e graduado em Direto pela Universidade Federal do Espírito Santo. Participou como membro da Academia Jovem Espírito-santense, da Academia Espírito-santense de Letras, além de membro de várias outras entidades de valorização da cultura e literatura, atuando também como apresentador na TV paga. O autor com quinze anos escreveu e publicou sua primeira obra, “Asas de Cera”, com isso começou a trabalhar para que outros escritores jovens também se manifestassem e que a própria escrita jovem fosse descoberta. Com todos os pontos de destaque, Amorim ainda é detentor da Comenda Rubens Braga, maior distinção dada a um escritor capixaba. Como a vida de todo escritor possui muitas aventuras, muitas delas boas outras  não, além das inúmeras que vivemos em seus escritos, talvez o mesmo também viva, ocorreram os percalços, um deles a sensação de quase morte passada pelo autor após um acidente automobilístico em setembro de 2009, esta hoje relatada em mais um de seus fascinantes livros.
Desde muito novo, Anaximandro Amorim destacou-se por sua retórica formidável e envolvente nos textos escritos, prendendo o leitor a cada página. Percebe-se que além do nome, o escritor possui bem mais referenciais da Literatura Clássica, trazendo para dentro de seus textos relações com a história e grandes personagens da literatura greco-romana. Em seu primeiro livro nota-se a correspondência com o mito de Ícaro, tão bem trabalhado por muitos outros autores por todo o arcabouço informativo e filosófico do mesmo.
 "Asas de Cera", "Brasil de ontem, hoje e sempre", "Concupiscência", "A história de um sobrevivente", "O livro dos poemas", "A máquina do tempo e outras histórias" e "A vida após a luz" contam como obras publicadas do autor, (destacado no romance e na crônica, além da poesia em versos brancos) que para compor seus textos utiliza da memória, sensualidade e argumentos pontuais, além de toda uma atmosfera amorosa.
Anaximandro Amorim cativa em seu texto e carisma, de fato um exemplo para muitos jovens que acreditam na arte da escrita e a buscam com tanto afinco, por tal motivo foi feita a escolha desse ilustre homem que coopera desde sempre para a descoberta de novos dons escritores. Sem sombra de dúvidas um ícone espírito-santense da literatura.


REFERÊNCIAS :
Disponível em: . Acessado em: 10 de dezembro de 2017.
Disponível em: . Acessado em: 10 de dezembro de 2017.


Nenhum comentário: