* Hello, my friends! welcome to letra e fel! If you like this space, please share it with your friends.
* Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Letra e Fel! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.
*!Hola! , amigo lector. Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos!
*Cher lecteur, soyez le bienvenu! Veuillez conseiller notre blog à vos amis si vous l'avez aimé. Merci beaucoup!

07/09/2018

Se eu morresse hoje

Se eu morresse hoje,
Teria valido a esperança da eternidade.
Descansaria afinal.

Ah!  poemas de linhas frágeis
Entremeados por dissabores e esperanças,
Tão desalinhados e imperfeitos.
Se eu morresse hoje não haveria
Arrependimento do orgulho de ser
Esse ser que inventa a si mesma
Arrancando da pedra sons de lira.

Teria valido o momento impreciso e fugaz
Da explosão da beleza,
A flor se abre para ser beijada pela abelha.
A floresta desperta entre vapores mágicos
Do silencio secular de uma noite.
Teria, sim, valido cada minuto vivido
Entre os teus braços.

Se eu morresse hoje, seria a lembrança
De poucos que me amaram realmente.
Seria eternizada na memória de seiva das árvores,
Minhas filhas mais amadas.
O meu corpo descansaria, afinal,
Depois da jornada de muitas vidas.

Renata Bomfim

Nenhum comentário: